Campus Party Brasil 2011

Enfim, Campus Party Brasil 2011, doravante referenciada pela hashtag #cpbr4 (antes que você pergunte, essa é a quarta CP que acontece no Brasil).  Como dormimos em São Paulo imaginamos que pegaríamos um dos primeiros lugares na fila chegando ao Centro de Convenções Imigrantes às 9 da manhã.  Vou deixar as fotos falarem:

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

Realmente foi uma vergonha.  Foram 10 horas na fila para conseguir fazer o credenciamento.  É isso mesmo que você leu, 10 horas!  Fiquei sabendo que os primeiros a chegar dormiram na fila na noite anterior.

Enquanto aguardávamos a enorme fila, acompanhávamos o Twitter para ver se aparecia alguma informação por parte da organização do evento e, vejam que interessante:

pacoragageles
A previsão do tempo e que vai a pior : ( hoje nos vamos a molhar um pouco #cpbr4 http://yfrog.com/hsgf1mfj

jmalvpal
Renan. O primer campuseiro do #cpbr4. 28 horas na fila pra ter o primer lugar. http://yfrog.com/hsutfyzj

pacoragageles
Tamos a fazer todo o possivel para acelerar a fila #cpbr4

pacoragageles
lembrem que a primeira atividade e as 22:00h nao a pressa quanto mais tarde melhor #cpbr4

pacoragageles
1a vez na história q se apresenta 90% dos Campuseiros todos juntos en vez de a lo largo do dia, vamos acelerar triplicando postos #cpbr4

pacorageles
Acrediten que nao esta solo a organização e a primeira constringida pela lentidão no acesso já vai melhorar #cpbr4 animo ; ) abrazo

pacoragageles
Levo a semana falando q no venham todos ao mesmo tempo, a 1a atividade e as 22:00h e melhor vir tarde y… As 12 todos na fila ; )

pacoragageles
Atençao, vo a falar uma loucura prometo que o ano que vem as credenciais seram enviadas a casa dos campuseiros uma semana antes da campus

pacoragageles
sr director da campus party brasil @mlteza nos vamos a comprometer a mandar os crachas o ano que vem as casas dos campuseiros da #cpbr5

Ao final desse sufoco, conseguimos entrar e arrumar nossas barracas por volta das 17h00.  Vejam que eles se comprometeram a enviar as credenciais do ano que vem uma semana antes.  Vamos torcer para que se cumpra.

Uma vez dentro, barracas arrumadas e uma descansadinha preparamo-nos para a festa de abertura.  Antes uma ida ao supermercado para comprar algumas coisas de última hora.  Descobri que colchões infláveis eram mais baratos que sacos de dormir e que colchão tamanho casal era o mesmo preço do tamanho solteiro, com isso tivemos mais conforto neste ano.  Até a amiga Janynne Gomez (@devnetgomez), que me acompanhou ao supermercado comprou para ela.

A noite, a festa de abertura foi feita pela banda “Os Seminovos”.  Para quem não conhece, é a banda do Maurício Ricardo, autor do site www.charges.com.br que considero uma das melhores opções de humor nacional.  Eles encerraram o show com o maior hit nerd “Escolha Já Seu Nerd” (http://charges.uol.com.br/musica.php?id=35) o que levou a galera ao delírio absoluto.  Ao final do show eu e a Myllena tivemos o prazer de fotografar com o nosso ídolo MR.

Campus Party Brasil 2011 - @nerdelicioussCampus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011 - Os SeminovosCampus Party Brasil 2011 - Maurício Ricardo

Só para constar, o “soldado do império” acima é a @nerdelicouss.  Depois de toda a confusão do dia, o show terminou bem tarde, perto de uma da manhã.  Mesmo assim Gabriel e Myllena, devido ao agito da banda que leva um autêntico rock and roll, tiveram disposição de agitar muito durante o show.  O negócio agora era ir dormir, pois o dia seguinte estaria repleto de atrações.

Iniciamos a terça-feira dando uma volta na área de exposições, que é aberta ao público indo depois disso cumprir nossa agenda de palestras.  Como no ano passado, aloquei meus equipamentos eletrônicos na mesa dos MSPs (Microsoft Student Partners), grupo o qual tenho grande afinidade.

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

Na arena, área destinada somente aos campuseiros o que mais chamou a atenção foi a área de simuladores de voo, com belíssimos equipamentos, enquanto a área de jogos estava bem mais tímida que o ano passado, tendo como único grande atrativo alguns XBox Kinect.

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

Esse ano a organização do evento realmente não estava com sorte.  Não bastasse a confusão pra entrar no dia anterior, por volta das 18h30 houve a primeira falha no fornecimento de energia elétrica.  O único ponto com total proteção elétrica era o aquário da Telefônica, pois lá estavam os caríssimos equipamentos que garantiam a Internet de 10GB disponibilizada para os campuseiros.  Nesse momento de escuridão acendeu a imaginação do público geek presente, de repente víamos ao longe seis computadores erguidos ao alto, um lado do outro, cada um contendo uma das letras da palavra “APAGÃO”.  As seis pessoas se puseram lado a lado e giraram de modo que todos pudessem ver sua obra de arte e foram imediatamente ovacionados pelo público presente.

Talvez por conta deste incentivo várias pessoas escreveram frases de protesto em seus computadores e foram todos para frente do aquário da telefônica, com computadores ao alto, num grande movimento de protesto pacífico.  Houve até um grupo que pegou a Santa Bandalarga que estava exposta e fez uma “procissão”.

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

Depois da energia restaurada a população se acalmou e todos voltaram para seus downloads.  Durante esse momento de protesto, destaquei as frases que considerei mais criativas:

“” (campeã!)

“Chama o He-Man, ele te a força”

“Desequilíbrio na força sinto eu (Mestre Yoda)”

“Venha para o lado negro Luke”

“Nós precisamos de 1,21GW! Somente um raio pode nos ajudar”

“Campus Party 2011 – Quem tem discada é rei”

“Na checklist tinha lanterna era por isso?”

“São Login São Login se a Internet voltar dou 3 pulim”

“Logo quando eu entrei no SiSU…”

Garotas: “Procuro companhia para geek vibration na minha barraca! (PS: Lá tem PSP) @karol_miranda @dithaalves”

“#cpapagao eu fui!”

“Alguma gata a fim de dar a luz?”

Papel manuscrito na frente do monitor: “Minha bateria já acabou! Blecauteparty 2011 @maxcarlito”

“Atenção! A net voltará em 3 minutos!!! Bazinga!!!”

“#cpbugr”

Outra garota: “Tenho 3G, vem gente!”

O momento de escuridão também serviu para que os campuseiros fizessem um espetáculo de lasers no teto do pavilhão.

A quarta-feira já começou agitada, dividindo tempo entre palestras e trabalho.  Ao levantar para checar onde estavam as crianças, encontro uma jornalista da revista “Família Cristã” indo em direção a Myllena para entrevistá-la, em seguida ela entrevistou o Gabriel e depois a mim.  Enquanto dávamos atenção a jornalista pude observar que a fila para fotografar com o Steve Wozniak estava gigantesca, não seria dessa vez que eu teria minha foto.  Depois da entrevista voltei para a mesa dos MSPs, onde meus equipamentos estavam “morando” e dei continuidade ao trabalho enquanto aguardava o horário de próximas palestras.

No almoço encontramos Juliana Prado Uchôa, MSP de São Paulo que, no ano passado perdeu o saco de dormir da Myllena.  Esse ano, para se redimir, ela comprou um lindo pinguim de pelúcia, réplica do Tux.  Adivinhem o nome que eu e Myllena demos aos boneco? “Janelas”.

Campus Party Brasil 2011 - Entrevista para Família CristãCampus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

De volta a área de exposições encontramos com um enorme robô da Petrobrás, “made in Bahia” que era telecomandado por um garotão moreno que o acompanhava.  Enquanto uma multidão acompanhava aquela maravilha tecnológica e se enfileirava para conseguir fotografar, o Gabriel veio me contar depois que não um robô de verdade, mas um homem vestido.

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

Voltando a arena encontramos algumas figuras inusitadas, como um par de vírus que corria e agarrava as pessoas.  A única forma de se livrar deles era virando o verso do seu crachá e mostrando-lhes o adesivo do Norton Anti-Vírus que, é claro, tinha que ser retirando no stand da Symantec.  Também encontramos com um Tux e seu amigo javali aterrorizando na área da Microsoft.

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

A noite saímos com os amigos da Gabriel para lanchar no Habbib’s do Jabaquara.

Campus Party Brasil 2011

Perto das 23h00 a noite estava apenas começando.  Ao regressarmos, ainda encontraríamos um grupo vestido com os roupões do Banco do Brasil e uma “morte” andando pelo local convocando as pessoas a participarem do #corujaoSL no palco Software Livre que, por ironia do destino ficava quase em frente a mesa da Microsoft.

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

Nesse ínterim mais um incidente acontece no evento…  Dessa vez caiu a Internet em metade do pavilhão.  Sem energia esses geeks até ficam, mas sem Internet.  Começou outro protesto pacífico como os outros pela falta de energia, mas dessa vez ironizando a Telefônica.  Depois de muito batalhar os técnicos descobriram que um switch foi danificado pelas constantes quedas na rede elétrica.  Foi engraçado o técnico da Telefônica trabalhando no aquário enquanto a multidão agitava do lado de fora.

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

Apareceu até uma menininha no pescoço do pai, mostrando para o técncio um cartaz que dizia “deixa que eu arrumo”.

O #corujaoSL era um show de auditório que rolava a noite toda.  Nesta noite especificamente solicitei as crianças que não participassem das atividades noturnas, pois no dia seguinte teríamos que acordar cedo.  As passagens aéreas estavam compradas para viéssemos ao Rio, eles participassem do aniversário da irmã e voltássemos para São Paulo.  Meia-noite fomos para as barracas, quando o Gabriel então disse que esqueceu seu telefone na arena.  Eu disse para ele ir lá buscar e voltar logo.  O que ele fez?  Foi, encontrou com os amigos, virou a noite acordado e, por volta da 7 da manhã foi me acordar.  Imagine a disposição que ele estava no dia seguinte… Não conseguia ficar acordado e foi todo mole para o Rio.

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

Quinta-feira acordamos cedo, eu e Myllena, pois o Gabriel nem havia dormido.  Como estava caindo de sono, foi um custo fazê-lo ir até o carro e depois até o avião.  Tudo planejado para chegarmos na festa às 13h00 e embarcarmos de volta para São Paulo às 18h30.  Até que…

Devido ao mal tempo no aeroporto de Guarulhos (GRU) o embarque atrasou duas horas!  Depois o avião ainda levou mais uma hora entre tempo parado e congestionamento para aguardar sua vez de decolar, totalizando assim três horas de atraso.  Eles chegaram às 15h30 na festa que tinha o horário de término marcado para 16h00.  Foi só o tempo de deixá-los na festa, ir em casa tomar um banho e voltar para o aeroporto.  Tudo isso graças ao fato de meu irmão ter nos buscado e levado no aeroporto Santos Dumont (SDU).

Viagem ao Rio para aniversário da MaitêViagem ao Rio para aniversário da MaitêViagem ao Rio para aniversário da MaitêMyllena com o Janelas na mão - Viagem ao Rio para aniversário da MaitêViagem ao Rio para aniversário da MaitêMyllena e Janelas - Viagem ao Rio para aniversário da MaitêViagem ao Rio para aniversário da MaitêCongestionamento no GRU - Viagem ao Rio para aniversário da Maitê

Observe que, desde que ganhou, a Myllena não largava mais o “Janelas”, até que na viagem de volta a São Paulo percebi que ela não estava mais com ele.  Ela disse que deixou com sua irmã na festa, pois ela havia adorado o brinquedo.

No caminho do aeroporto Guarulhos para o Centro de Convenções Imigrantes devido ao trânsito pesado perdi a entrada, no final da Dutra, para a Av. Salin Farah Maluf então pensei: “desço na Marginal, pego o primeiro retorno e tudo está resolvido ou, na pior das hipóteses vou um pouco mais a frente e entro na Av. do Estado”, ao que me deparei com diversas placas na Marginal Tietê dizendo “Para Av. dos Imigrantes utilize Rodoanel”.  Quem não é de São Paulo tem ouvido falar nessa obra do Rodoanel há anos e, apesar de toda a lógica dizer o contrário, as placas diziam que aquele seria o caminho mais eficiente para a Rod. dos Imigrantes.  Já havia percebido que, só o que andei de Marginal do Tietê e Rod. Fernão Dias já dava para ter chegado há muito tempo na Rod. dos Imigrantes mas como já estava na chuva, resolvi me molhar e conhecer o Rodoanel.  Quem é de São Paulo tem noção da pequena viagem que fiz até chegar de volta ao Centro de Convenções Imigrantes…  E fica a dica: se você sabe o caminho, não acredite nas placas!

Com isso chegamos tarde de volta ao evento, fui para a minha mesa no grupo MSP atualizar alguns trabalhos e as crianças tomaram seus rumos entre amigos, jogos e talk-shows.

Sexta-feira agitada, logo pela manhã no palco Criatividade haviam montado uma cidade com prédios feitos em Isopor e estava rolando uma lutra entre um monstro e um super herói estilo ultra seven, tudo bem tosco, no qual o monstro tinha que destruir os prédios até encontrar uma chave e o herói tinha que detê-lo.

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

Voltou a circular pelo evento a garota do Pag-Seguro com seus seguranças ao redor, o Banco do Brasil voltou a distribuir roupões mesmo para quem já havia ganhado e outras firulas que fazer parte da festa.  Neste dia deixamos as palestras de informática e nos focamos mais em astronomia.  Muita coisa interessante foi aprendida mas nenhum de nós ganhou o protótipo de foguete.

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

Durante a tarde houve uma conclamação para que às 18h00 estivessem todos vestidos com o roupão do Banco do Brasil e comparecessem na área do palco principal pois havia sido solicitado um auditor do Livro Guiness de Recordes.  Com isso o grupo quebrou o recorde de maior número de pessoas vestidas com um roupão.  A festa prosseguiu noite a dentro.

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

O formato do evento é interessante no sentido de que você pode andar pelas festas e atividades e, ao mesmo tempo, voltar para sua mesa e continuar sua atividade profissional.  Se fica cansando, vai para a barraca descansa um pouco e volta para a arena entre trabalho e atividades.  Uma coisa bem multitarefa.

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

Mais uma madrugada de festa no palco Software Livre, que ficave quase em frente a mesa dos MSPs onde eu ficava.  Então resolvi ir lá dar uma olhada e eis que a Myllena estava na primeira fileira toda empolgada e com um chapéu gigante que havia ganhado daquele grupo.  Fiquei um pouco para assistir e ela foi chamada ao palco.  O showman deu um pirulito para ela aguardar sua participação e então ele fez uma homenagem a ela por sua participação todas as noites.  Em seu discurso, ela explicou porque pediu para ganhar o livro sobre roteadores Cisco na noite anterior, momento de grande alegria para a platéia.

Myllena explicando sobre “Cisco”

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

No sábado deixei a #cpbr4 para participar do DevBrasil Summit #DBR11 na sede da Microsoft, evento organizado por Ramon Durães e que durou o dia todo.

DevBrasil Summit 2011DevBrasil Summit 2011DevBrasil Summit 2011DevBrasil Summit 2011DevBrasil Summit 2011DevBrasil Summit 2011DevBrasil Summit 2011DevBrasil Summit 2011DevBrasil Summit 2011DevBrasil Summit 2011

Neste evendo houve até apresentação mostrando como utilizar um Kinect como interface do computador e SDKs já existentes hoje para tal.  Foi bom rever amigos como Jalf, Kenj e conhecer alguns novos que estão fazendo a comunidade DevBrasil.

2011-01-22-00462011-01-22-00512011-01-22-00542011-01-22-0057

Passada rápida na #cpbr4 pois a noite estava combinado o encontro #pzgeek2 onde os geek se encontrariam numa pizzaria próximo ao Imigrantes.  Lá pude rever outra turmaboa dos encontros na Microsoft como o Luciano Palma e Roberval Ranches.

#PZGeek2 Pizzaria Dona Mariana#PZGeek2 Pizzaria Dona Mariana#PZGeek2 Pizzaria Dona Mariana#PZGeek2 Pizzaria Dona Mariana#PZGeek2 Pizzaria Dona Mariana#PZGeek2 Pizzaria Dona Mariana#PZGeek2 Pizzaria Dona Mariana#PZGeek2 Pizzaria Dona Mariana

Regressando à #cpbr4 já em momento de despedida, pois aquela seria a última noite de evento.  No dia seguinte já não haveria nada, seria apenas os procedimentos de partida.  Passamos para despedir dos amigos que fizemos, fazer novos contatos e aguardar ansiosamente pela Campus Party do próximo ano.

Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011Campus Party Brasil 2011

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s